quinta-feira, 11 de fevereiro de 2010

Vestindo a camiseta

Área da administração dedicada à formulação de estratégias de marketing voltadas à mobilização interna dos empregados, o endomarketing tem sido cada vez mais utilizado pelo varejo. De acordo com Luís Carlos Carvalho da Silva (Brasília/DF), coordenador do site de pesquisas www.endomarketing.com, acada dia as operações no comércio dependem da qualidade da interação humana. “Por mais tecnologia que as empresas incorporem, os ‘momentos da verdade’ se dão, na maioria das vezes, entre o cliente e o preposto da empresa”, afirma.

Segundo ele, se esse preposto, que é o empregado, estiver ciente do que é importante para o negócio em termos estratégicos e de como sua atuação pode contribuir para o atingimento dos objetivos da organização, mais bem-sucedidas serão suas operações. E o endomarketing tem por premissa fazer isso: conectar o funcionário à estratégia e objetivos da empresa.

Leia também: 'Ações de endomarketing destacam atendimento'

Silva explica que o endomarketing, que trabalha na dimensão da conscientização e otimização dos conhecimentos adquiridos no treinamento, não ocorre como uma ação isolada. Ele começa com a sua integração ao planejamento de marketing, passa pela definição de objetivos, metas e instrumentos de acompanhamento, chegando às ações de mobilização do grupo. “Seu treinamento do pessoal via de regra é orientado para a operação da venda”, define.

Marines da Silva, da Aligattor Marketing Digital (São Paulo/SP), diz que para entendermos o endomarketing temos que, primeiro, compreender o significado literal da palavra. “Segundo o autor Saul Benkin, o sentido está no marketing voltado para dentro da empresa, ou seja, uma ação interna que está no próprio significado de “endo”, uma palavra grega que significa para dentro, dentro de,...”, orienta. Para a consultora, o marketing que é praticado pelas empresas na busca de conhecer melhor o seu cliente externo deve ser também utilizado para conhecer o seu cliente interno. “A partir dessa orientação, devemos fazer com que essa abordagem se interiorize de maneira tal que todos os funcionários se sintam parte desse processo”, afirma.

FERRAMENTA - Marines caracteriza o endomarketing como uma ferramenta de extrema importância para as empresas. Segundo ela, o principal benefício proporcionado é o fortalecimento e construção de relacionamentos, compartilhando os objetivos da empresa e frisando a ideia de que todos são clientes de todos dentro da empresa. “É um processo gerencial, cíclico e contínuo, direcionado ao propósito da organização, que é integrado aos seus demais processos de gestão, e utiliza eticamente ferramentas multidisciplinares de incentivo”, argumenta, destacando que o endomarketing busca promover a motivação das pessoas com seu trabalho e garantir o compromisso com objetivos estratégicos, contribuindo assim para a obtenção de melhores resultados.

O mercado atual é extremamente competitivo e, diante desta situação, as empresas buscam atualizar-se, a fim de melhorar cada vez mais frente à concorrencia, visando crescimento e estabilidade. “Atrair público potencial e fidelizar o público alvo é a tarefa primordial das empresas. O momento é propício à valorização das habilidades e do potencial de cada funcionário”, completa Marines. De acordo com a profissional, no varejo, o endomarketing é uma técnica que trará benefícios tanto para a organização como para o funcionário. “Por estar frente ao cliente e por divulgar a imagem da empresa, o colaborador deve receber todas as informações referentes à empresa e estar apto a prestar estas informações ao público”, diz.


Roberta Gerhard Döring/Jornal Exclusivo